Odilma Costa- 31kg/OFF

odilma

 

A Odilma carinhosamente aceitou contar sobre o seu processo de emagrecimento! Confira mais essa história de superação.

“Muito prazer! Me chamo Odilma Maria de C Costa, tenho 30 anos, sou de Natal RN. Sou casada a 11 anos com o Hailton, com quem divido a minha vida e dedico meu tempo cuidando da nossa casa , estudando pra concurso e em breve o exame da Ordem.

Durante muito tempo sabia que estava obesa, mas não tinha forças pra tomar uma decisão de dar um ponto final na situação e buscar uma vida saudável. Até que ao chegar os preparativos para o baile de formatura, nenhum vestido que gostava não cabia em mim,a alternativa foi mandar fazer um do meu tamanho. Eu já estava com vários problemas de saúde como falta de ar, dificuldade pra dormir, refluxo, azia, dores nas pernas e costas, muita dificuldade de andar por que meus pés inchavam muito.

Com o excesso de peso, as roupas que já não cabiam mais em mim e os problemas com as taxas altas,  me vi obrigada a mudar meus hábitos de forma urgente. Há quase 8 meses, eu decidi buscar na caminhada e nas corridas de rua o fôlego necessário para alcançar uma vida mais saudável e abandonar os 105 kg que pesava naquele momento. Eliminei atualmente 31 kg em 7 meses. Por isso que dou valor a cada gota de suor derramada, antes de colocar um alimento que vai estragar toda a minha luta.

Eu sabia que não ia conseguir sozinha e a primeira coisa que fiz foi procurar um endocrinologista (por causa da disfunção hormonal) e depois um nutricionista para me ajudar com a reeducação alimentar. Comecei a caminhar durante 1 hora e mal conseguia andar, minhas pernas inchavam, a cada quinze minutos eu parava de tanta dor, as lágrimas escorriam, pedia forças pra não desistir, sem falar nas assaduras entre as pernas. Com o plano alimentar em mãos, direcionado para as minhas necessidades, fiz uma lista dos produtos que tinha no cardápio fui no supermercado e comprei tudo. Preguei na porta da geladeira e fui seguindo. Foi depois de quase 5 meses, que eu fui saber pela nova nutricionista que me acompanha até hoje, que eu não poderia consumir alimentos com glúten, por que impedia a tireoide a trabalhar e cortava o efeito do remédio de reposição hormonal.

O caminho é longo mais eu chego lá, eu creio!
Minha maior dificuldade foi aprender a lidar com a minha ansiedade, onde me refugiava no chocolate, na pizza, na macarronada. A compulsão era tão grande que eu comia até passar mal, depois só chorava e me lamentava. Eu usava a comida como escape para o estresse. A estratégia para me distrair e esquecer da comida foi tomar muito chá e comer gelatina zero.

Meu primeiro passo foi eliminar os refrigerantes, as frituras, a gordura, já o açúcar eu consumia moderadamente por que desde os 14 anos tomo adoçante por causa da minha família, meus pais são diabéticos. Coloquei as caminhadas na minha rotina durante 2 meses, depois fui alternando com corridas. Fiz uma promessa pra mim mesma que só irei a uma academia quando chegar ao meu peso ideal. Mesmo com dores, eu não deixava de ir caminhar, as vezes não conseguia colocar o pé no chão, mais eu ia acreditando que um dia eu estaria livre daquelas dores.

 Na minha vida o que mais mudou depois que comecei a emagrecer foi a maneira de como eu olho para,me valorizando-me amo mais e a auto estima em alta sempre, me coloco no inicio de tudo, não me sinto mais inferior, confesso que não me sentia bem no meio dos demais, quantas vezes eu dizia: “Eu sou gordinha mais sou feliz.” mais realmente não era, sem falar na saúde sentir-se liberta de suas próprias pernas e poder subir e descer escadas e não se sentir cansada!!!

 

Todo meu esforço esta valendo a pena, se eu me arrependo de algo? De não ter caído na real muito antes!

 

Quer acompanhar a Odilma nas redes sociais?

 Fang Page: @ Odilma – Eu Cai Na Real : Reeducação Alimentar

Instagram: @odilmaeucainareal

Você pode gostar...

2 Resultados

  1. Maria Aparecida de Oliveira disse:

    Gostei muito das dicas, tive um processo de emagrecimento e quero continuar comendo com equilíbrio.

  2. Maria Aparecida de Oliveira disse:

    Também tive um processo de emagrecimento, que dura cinco anos gostei muito deste site quero continuar neste processo de uma forma saudável e equilibrada.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *