Milena Santos- 20,5kg/ OFF

milena-santos
Entrevistei a Milena, ela tem 29 anos, é formada em Terapia Ocupacional, mas não atua na área. Trabalha no estúdio de tatuagem do marido e prontamente aceitou compartilhar sobre seu emagrecimento saudável.
“O que me levou a mudar de vida, foi quando constatei que estava pesando 96 kg, e eu nunca havia chegado a esse peso. Quando estamos acima do peso, não percebemos o quanto isso nos faz mal. Você se cansa ao caminhar 100 metros, o que não parece ser algo tão grave, mas a partir do momento em que perdemos peso e passamos a praticar exercícios ou mesmo uma simples caminhada, aí sim percebemos o quanto nossa saúde estava prejudicada.
Fui uma criança gordinha. Lembro que minha mãe começou a me levar em nutricionista, endócrino e médicos para emagrecimento quando eu tinha 8 anos de idade.  A partir daí nunca mais parei de fazer dieta. Emagrecia um pouco, voltava tudo de novo, tomava remédio para emagrecer, engordava novamente. Fazia dietas malucas, queria uma fórmula mágica, rápida, que me emagrecesse sem esforço, mas claro, nunca encontrava.
Até que em março de 2013, decidi ir a uma nutricionista para começar uma reeducação alimentar. Já fazia atividade física (isso desde criança), mas daquele jeito né, mais faltava do que ia, fazia por obrigação e sem vontade. Aí entrei em uma academia, comecei fazer treinamento funcional, TRX e corrida, que são meus exercícios preferidos.
Umas das dificuldades que eu mais senti foi a compulsão de comer em exagero e fora de hora. Mesmo sem fome, sentia necessidade de comer e não me contentava com apenas uma porção.  Um  bombom era pouco, tinha que comer uns 2 ou 3 para me satisfazer. É o que eu sempre digo: “eu preciso muito ainda trabalhar minha mente gorda”.
Não vou dizer que hoje me sinto totalmente realizada, pois ainda faltam alguns quilos para eu atingir o meu objetivo. Mas minha saúde melhorou muito, hoje consigo praticar exercícios sem reclamar, encontrei na corrida uma paixão que antes não podia nem ouvir falar.  Aprendi a controlar mais minha compulsão alimentar, hoje consigo comer mais controlado (claro que tem dias que como um pouco mais, mas nada que prejudique a reeducação alimentar).
Minha auto-estima também melhorou e muito. É muito bom você ir em uma loja e entrar em uma roupa que você tenha gostado, se olhar no espelho e se sentir bem. Conseguir fazer exercícios que antes não havia como, devido o excesso de peso.”

“Me olhei no espelho e perguntei:

Quem é você? e ele me disse:

– Suas escolhas…”

Sigam a Milena no instagram @milenasantossilveira e acompanhem o seu dia a dia saudável.

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *