Cafeína como recurso ergogênico

 

treino-cafe

Ótima postagem do @eduardomarinho08

O posicionamento oficial Sociedade Internacional de Nutrição Esportiva (ISSN) publicado em 2010 resumiu os efeitos da cafeína sobre o desempenho no exercício. Dentre estas, algumas são:

Ø  A cafeína é mais efetiva quando utilizada no estado anidro (cápsula/comprimido) quando comparado ao café tradicional;

Ø  Grande parte dos estudos já mostram que o protocolo de suplementação com cafeína é mais absorvido quando ingerida 1 hora antes do treino, porém, parece ainda haver melhora do desempenho quando consumido entre 15-30 min. que antecedem o treino;

Ø  Os exercícios de alta intensidade e longa duração parecem ser mais benéficos, contudo, a melhoria se pronunciou apenas em atletas treinados;

Ø  A literatura é inconclusiva quando aplicadas às atividades de força ou potência, carecendo mais estudos ;

Ø  Em vários tipos de exercícios a cafeína se mostra eficaz no que diz respeito ao desempenho quando consumida em doses moderadas, e, não houve nenhum benefício sobre o desempenho nas dosagens mais elevadas;

Ø  A cafeína pode melhorara a síntese de glicogênio durante a fase de recuperação do exercício;

Ø  A cafeína pode melhorar o estado de vigília e alerta, o que já se comprovou em militares e atletas que necessitam de uma atenção maior em algumas provas;

Ø  A literatura não suporta dados de que a cafeína possa promover diurese ou alterações ou no equilíbrio de fluídos que pudessem afetar o rendimento no exercício.

Cafeína só pra perder peso?

É fato que o consumo promove um significativo efeito termogênico, mas, falar que a cafeína só serve pra isso!?

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *